Tamanho texto:

-A A +A

Alto contraste:

  • White/Black
  • Padrão

Current Style: Padrão

CIDS

O V CIDS foi realizado no período de 11 a 14 de setembro de 2018, em Salvador, Bahia, e atendeu ao desejo da comunidade científica brasileira de promover, nos âmbitos nacional e internacional, o intercâmbio entre os centros de pesquisa já consolidados e os novos centros do país, que estão em pleno desenvolvimento, por possuírem um grande potencial de realizações, especialmente nas pesquisas dialetais e sociolinguísticas. Na quinta edição do evento, houve a homenagem a dois pesquisadores – a Profa. Dra. Maria Marta Pereira Scherre, brasileira, da Universidade Federal do Espírito Santo, e o Prof. Dr. Adolfo Elizaincín, da Universidad de la República del Uruguay e coautor do Atlas Lingüístico Diatópico y Diastrático del Uruguay. O V CIDS, que teve como tema "Diversidade Linguística: Pesquisa, Ensino e Interfaces", contou, na sua programação, com Conferências, Minicursos, Mesas-redondas, Sessões de Comunicações, Sessões de Pôsteres, Lançamento de Livros e Revistas e Apresentações Artístico-Culturais.

  • 11 a 14 de setembro de 2018

 

O IV Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística foi realizado em Paris, na Universidade de Paris-Sorbonne, de 7 a 9 de setembro de 2016, com 250 congressistas, conferências proferidas por Xavier Blanco (Université Autonome de Barcelone), Franck Neveu (Université Paris Sorbonne), Jean Léo Léonard (Université Paris-Sorbonne), Antonio Pamies (Université de Grenade), Jean-René Ladmiral (Université Nanterre Paris 10), Vanderci de Andrade Aguilera (UEL-CNPq) e Suzana Alice Marcelino da Silva Cardoso (CNPq) e teve por objetivo organizar um debate que interrogasse um dos conceitos-chave da dialetologia e da sociolinguística: a variação. Além disso, também, possibilitou as discussões em torno das dimensões geográficas, étnicas e sociais das línguas, dentre as quais se privilegiou um dos aspectos mais notáveis da idiomaticidade, o da fraseologia. Nessa quarta edição, os homenageados foram os Professores Anthony Naro (Universidade Federal do Rio de Janeiro) – livre-docente  pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Pesquisador Nível 1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e membro fundador do Programa de Estudos sobre o Uso da Língua (PEUL) – Harald Thun (Universidade de Kiel) – Professor da University of Tübingen (1975), com experiência na sociolinguística, no pluridimensionalismo e na dialetologia –, Michel Contini (Universidade Stendhal) – Professor Emérito, Diretor do Atlas Linguístico Romano (ALiR) e Co-diretor do projeto AMPER (Atlas Prosódico Multimídia do Espaço Romano) – e Peter Blumenthal (Universidade de Cologne) – Professor do Departamento de Línguas Românicas, atuando principalmente na área da linguística das línguas românicas.

 

No III Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística, realizado em Londrina, Paraná, de 7 a 10 de outubro de 2014, procedeu-se à discussão da variação, das atitudes linguísticas e do ensino, contando com as Conferências de Stella Maris Bortoni de Figueiredo Ricardo (UnB-CNPq), Dante Eustacchio Lucchesi Ramacciotti (UFF-CNPq) e Rodolfo Ilari (UNICAMP), Minicursos, Mesas-redondas, Simpósios, Comunicações Individuais, Painéis, com apoio financeiro do CNPq. Nessa terceira edição, com 880 congressistas, as homenageadas foram duas eméritas pesquisadoras da Universidade Federal da Bahia – Prof.ª Suzana Alice Marcelino Cardoso (CNPq) e Prof.ª Jacyra Andrade Mota (CNPq), coautoras do Atlas Linguístico de Sergipe, a primeira também autora do Atlas Linguístico de Sergipe II, integrantes do Comitê Nacional do Projeto Atlas Linguístico do Brasil, respectivamente, como Presidente e Diretora Executiva.

 

Para aprofundar os tópicos discutidos no I Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística, o II Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística, que recebeu financiamento do CNPq, também promoveu a discussão e o intercâmbio de experiências entre pesquisadores, professores e estudantes da área de linguagem, interessados em Dialetologia e Sociolinguística, foi realizado em Belém, Pará, 24-27/setembro/2012, com a presença de 850 congressistas. Nessa segunda edição, Enilde Faulstich (UnB), Gregory Guy (New York University) e Marcos Bagno (UnB) foram os conferencistas e a homenageada foi a Prof.ª Vanderci de Andrade Aguilera (UEL-CNPq), autora do Atlas Linguístico do Paraná, e integrante do Comitê Nacional que coordena o Projeto ALiB.

 

O I Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística tratou da contribuição dos estudos dialetais e sociolinguísticos para uma política de línguas, foi realizado em São Luís, Maranhão, 17-21/outubro/2010, contou com a presença de 660 pesquisadores renomados tanto do cenário nacional como internacional. Entre os palestrantes estiveram os professores franceses: François Gaudin da Université de Rouen e Louis-Jean Calvet da Université de Provence e Michel Contini da Université Stendhal (Grenoble) Nessa primeira edição do evento, houve a homenagem à Prof.ª Maria do Socorro Aragão (UFPB/UFC), autora do Atlas Linguístico da Paraíba e integrante do Comitê Nacional que coordena o Projeto ALiB.